Prece para meu Pai

Queria poder desenrugar-te a pele
Arrancar-te as tristezas do coração
Queria poder devolver-te a juventude
Recuperar a firmeza de tua mão

Porque Papai, teu amor não envelhece
Tua ternura nunca acaba
Enquanto o pobre corpo se desgasta
Tua sabedoria a cada dia cresce

Nada nesse mundo é mais bonito
Do que quando me chamas “filhinha linda”
Eu imploro: nunca me deixes, Pai!
Perto de ti, sou criança ainda…

[Escrevi este poema para meu Pai em 6 de agosto de 2018.]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s