Valor e alicerce

Nós mulheres somos socialmente cobradas para estarmos sempre cuidando da aparência.

Cria-se, então, uma ilusão de que nosso valor está na beleza.

Cuidar de si – tanto da apresentação quanto da saúde – é fundamental. E cultivar a autoestima é algo absolutamente saudável e necessário.

Porém, é perigosíssimo alicerçar nosso valor em algo que o tempo consome.

Não há problema em nos esforçarmos para ter um rosto e um corpo bonitos; contudo, não podemos ser apenas isso.

Nesse momento, nos cabe falar do estudo.

O estudo liberta, faz crescer, diferencia, dignifica. Abre mentes e portas, constrói oportunidades.

A mulher que aprendeu a se valorizar não é a mais atraente, nem a mais bela, e sim aquela que adquiriu conhecimento de tal maneira que a permita ser verdadeiramente independente.

Isso é lindo. Isso a água não tira e o tempo não desgasta. Pelo contrário: para quem se esforça, o conhecimento e a sabedoria só aumentam com o passar dos anos.

Fica a reflexão: seu maior valor se deteriora ou aumenta com o tempo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s